5 Lésbicas E Uma Quiche – As Revelações Hilariantes De Uma América Conservadora

0

Reportagem de Tânia Fernandes e António Silva

untámo-nos à noite de reunião das “irmãs, viúvas, independentes, bem conservadas e com boas maneiras”. Estamos em 1956, na América conservadora, de retrato familiar, em que as donas de casa têm um comportamento exemplar. Ou não. E no limite, a ameaça de um atentado nuclear faz descair a pose e revelar toda a verdade. 5 Lésbicas e Uma Quiche é a mais recente estreia da Yellow Star Company e a garantia de uma boa comédia. Para despir de preconceitos!

A América atravessa a tensão de uma Guerra Fria mas, para estas mulheres, o ponto alto de excitação é o Encontro Anual para Eleição de Quiches. Cedo percebemos que a conversa não é sobre quiches nem ovos – a matéria prima essencial – mas sobre outros desejos, recalcados e ocultos da sociedade. A linguagem corporal das personagens vai-nos encaminhando para revelações surpreendentes, como se a verdadeira bomba fosse largada dentro da sala e não no exterior.

“Nada de homens! Nada de carne! Só boas maneiras” é o lema destas cinco donas de casa, repetido vezes sem conta ao longo da peça. Uma espécie de mantra na caminhada para uma libertação, que acaba por ser partilhada com todo o público. Anabela Teixeira, Joana Câncio, Leonor Seixas, Paula Neves e Teresa Tavares são as atrizes que dão corpo a estas senhoras repletas de segredos e vontade de “sair do armário”.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Comments are closed.